Agradecimentos a Hirokazu Tanaka

Com muito atraso, mas com a devida admiração e carinho, gostaríamos de falar um pouco sobre Hirokazu Tanaka, que veio ao Rio de Janeiro a trabalho, adquiriu novos conhecimentos e conquistou novos amigos.

O Cônsul Tanaka, ou Tanaka-san, ou Hiro sensei, deve ter imaginado que não conseguiria praticar kyudô no Rio de Janeiro… praticou não somente no Rio de Janeiro, como também em São Paulo e Brasília (aliás, praticou também no Paraguai).

Direto do túnel do tempo

Em cinco anos, tornou-se 5º dan, o que mostra sua determinação para alcançar um objetivo. Apenas com alguns meses de estudo da língua portuguesa, já se comunicava e, talvez graças a origem (nasceu e foi criado em Kobe, que é cidade irmã do Rio de Janeiro), logo aprendeu a gostar daqui.

Devido a graduação avançada foi , para nós, uma grande contribuição ter a oportunidade de praticar com ele durante o tempo em que morou na cidade.


 

DSC02923O amor pelo kyudô também fez com que nos auxiliasse na divulgação, já que seus treinos matinais com gomu yumi na orla de Copacabana tornaram-se verdadeiras demonstrações ao ar livre. Talvez este mesmo amor tenha nos contagiado, pois fomos acompanhá-lo em um treino matinal (saímos às seis e meia da manhã) durante o seminário em São Paulo e comemos um gyudon (uma tigela com arroz, coberto com carne e cebola refogados) de café da manhã… digamos que foi uma experiência inovadora.

Também com sua colaboração, tivemos a preciosa visita do Nakazono-sensei (6º dan – renshi), que se dispôs a nos acompanhar no seminário em Brasília e participar de alguns treinos no Rio de Janeiro.

Fomos desejar uma boa viagem e um breve retorno
Fomos desejar uma boa viagem e um breve retorno

Infelizmente, em julho deste ano, ele voltou ao Japão. Não houve tempo para que pudéssemos realizar todas as homenagens que gostaríamos, mas ao menos houve tempo de irmos ao galeto (^_^) e pudemos tirar algumas fotos ainda no dojo. Agradecemos todo o carinho, amizade e conhecimento recebidos e estaremos sempre de braços abertos para recebê-lo novamente em nosso dojo.

 

 

Deixe o seu comentário na página Kyudo Kai Brasil