Raiki-Shagi e Shaho-kun por Hyodo-sensei

Hyodo sensei 3Muitos tiveram o privilégio de conhecer Hyodo Takamitsu, que nos acompanhou na prática de Kyudo no Brasil por 3 anos.
Sua fantástica alegria e experiência nos proporcionou ótimos momentos. No início dos treinos no Rio de Janeiro era a pessoa que puxava a turma para a leitura diária dos “votos do praticante de kyudô”, o Raiki-shagi e o Shahô-kun e nos alertava sobre a sua importância.

Em uma dessas ocasiões ele nos permitiu que o gravássemos em uma de suas leituras. Este foi um legado e tanto que gostaríamos de compartilhar com todos os kyudocas brasileiros. Percebam a sua entonação e a força durante a leitura dos textos.

Anexamos aqui mais informações sobre o Raiki-shagi e Shaho-kun e uma gravação com os alunos acompanhando Hyodo-sensei.

RAIKI- SHAGI (CONFUCIONISMO)
LIVRO DOS RITOS – VERDADE NO TIRO

O tiro, com o ciclo de movimentos de avançar ou retroceder sempre deverá ser feito com cortesia e decoro (Rei).

Tendo adquirido a correta intenção interior (emocional e mental) e a exata postura na aparência exterior (corporal), o arco e a flecha podem ser  manuseados resolutamente.

Tendo alcançado este ponto, o disparo deve atingir o alvo e assim a virtude ficará evidente.

Kyudo é o caminho da virtude plena. No tiro, busca-se a correção de si próprio. Com a retidão em si mesmo, o disparo pode ser realizado.

No momento em que o tiro falha, não deve haver ressentimento para com aqueles que acertam. Pelo contrário, esta é uma oportunidade para se procurar a si próprio.

 

Mestre Junsei Yoshimi (Shaho-Kun):

Mestre Yoshimi, cujo outro nome era Daiuemon Tsunetake, foi um famoso descendente do clã Kishu de meados do período Tokugawa. Era afamado pela sua literacia combinada com a grande habilidade no Kyudo. Nesse tempo, ele era veterano do mestre Kanzaemon Hoshino do clã Bishi, e de mestre Daihachiro Wasa de clã Kishu, que eram também proeminentes no mundo do Kyudo. Nos anos finais, mestre Yoshimi tornou-se monge budista, e mudou-se para o Templo Daitokuji em Kyoto, onde viveu.

O seu testamento diz:

SHAHO-KUN
Princípios do Tiro, pelo Mestre Junsei Yoshimi

O caminho não é com o arco, mas com a estrutura corporal, que é de maior importância no tiro.
Colocar o espírito (Kokoro), no centro de todo o corpo, com dois terços em Yunde (braço esquerdo) empurrar a corda, e com um terço em Mete (braço direito) puxar o arco. Espírito assente, assim se forma a unidade harmoniosa.
A partir da linha central do peito e para realizar o tiro, divide-se a esquerda e a direita igualmente.
É sabido, que a colisão do ferro com a pedra lança faíscas súbitas; do mesmo modo ocorre o astro dourado, brilhando
intensamente, e a meia-lua quando se põe no Ocidente.

Comparando estes textos, verifica-se que o Raiki-Shagi centra-se nos princípios éticos, enquanto o Shaho-Kun alude sobretudo às qualidades da perícia prática. Juntos, estes dois documentos são um guia apropriado para a prática do kyudô até os dias de hoje. A partir destas referências, e com a persistência, acredita-se possível chegar à condição superior de “As Três Essências como Uma Unidade (Sanmi-Ittai)”. É com esta esperança que estes textos são apresentados como uma oportunidade de estudo e referência.

Sanmi-Ittai significa a unidade das três essências, Corpo, Espírito e Arco, como um só.
As três essências:

  1. Estabilidade do corpo
  2. Estabilidade do espírito e da mente
  3. Estabilidade no uso do arco

Para o praticante de kyudô, a questão vital é como criar esta unidade essencial. Os nossos predecessores, examinaram esta questão: unificar o Corpo, o Espírito e o uso do Arco, e nos seus ensinamentos deixaram o seu legado para nossa consideração.

Nós nunca devemos perder de vista estes valores, como fonte de motivação para a nossa comunidade de praticantes de kyudô.
– Então, em todo começo de treino, não deixe de praticar a leitura do Shaho-kun e do Reiki-shagi com a sua turma.


Transcrição em japonês, para a leitura durante o treino, e gravações com os demais alunos acompanhando Hyodo-sensei:

Raiki Shagi


Sha wa shintai shūsen kanarazu rei ni atari,
Uchi kokorozashi tadashiku,
Soto tai naokushite,
Shikaru nochi ni yumiya o torukoto shinko nari.
Yumiya o torukoto shinko ni shite,
Shikaru nochi ni motte ataruto iu beshi.
Kore motte tokukō o miru beshi.
Sha wa jin no michi nari.
Sha wa tadashiki o onore ni motomu.
Onore tadashikushite shikōushite nochi hassu.
Hasshite atarazaru toki wa,
Sunawachi onore ni katsu mono o uramizu.
Kaette kore o onore ni motomuru nomi.

礼記 射義

射は進退周還必ず礼に中り、
内志正しく、
外体直くして、然る後に弓矢を持ること審固なり。
弓矢を持ること審固にして、
然る後に以って中ると言うべし。
これ以って徳行を観るべし。
射は仁の道なり。
射は正しきを己に求む。
己正しくして而して後発す。
発して中らざるときは、
則ち己に勝つ者を怨みず。


 

Shahō Kun


Shahō wa,
Yumi o izushite hone o irukoto mottomo kanyō nari.
Kokoro o sōtai no chūō ni oki,
Shikōshite yunde sambun-no-ni tsuru wo oshi,
Mete sambun-no-ichi yumi o hiki,
Shikōshite kokoro o osamu kore wagō nari.
Shikaru nochi mune no nakasuji ni shitagai,
Yoroshiku sayū ni wakaruru gotoku kore o hanatsu beshi.
Sho ni iwaku
Tesseki aikokushite hi no izuru koto kyū nari.
Sunawachi kintai hakushoku,
Nishi hangetsu no kurai nari.

射法訓 – 吉見順正

射法は、
弓を射ずして骨を射ること最も肝要なり.
心を総体の中央に置き、
而して弓手三分の二弦を推し、
妻手三分の一弓を引き、
而して心を納む是れ和合なり.
然る後胸の中筋に従い、
宜しく左右に分かるる如くこれを離つべし.
書に曰く
鉄石相剋して火の出ずる事急なり.
即ち金体白色、
西半月の位なり.


As traduções para português neste post usaram como referência o capítulo 1 do Kyohon vol. 1, traduzido pela Federação Portuguesa de Kyudo.

 

 

Publicado por

Igor Prata

Analista de Segurança e Kyudoca desde 2008

Deixe o seu comentário na página Kyudo Kai Brasil